7 dicas de gestão empresarial

Assumindo o controle da sua carreira e do seu futuro
5 de agosto de 2016
A maneira mais rápida e eficiente de começar seu negócio!
5 de agosto de 2016

7 dicas de gestão empresarial

1-      SEJA INDISPENSÁVEL

Se um problema exige que a equipe trabalhe no fim de semana, não vai ajudar muito se você for para sua casa de praia. Em vez disso, fique com eles, nem que seja para dar apoio moral e mostrar que você também está no mesmo barco. TODOS perderão o fim de semana, não só eles.

2-      FAÇA A DIFERENÇA

Aprenda a impor limites e até dizer  “não” ao diretor, se for o caso. Se você for capaz de contrariar o seu chefe com argumentos baseados em fatos, pesquisas e resultados,  e não apenas em sua opinião, poderá conquistar o respeito dele e será meio caminho andado para uma promoção.

Delegue mais funções à sua equipe, assim você terá mais tempo para se concentrar em ações estratégicas e no seu crescimento pessoal.

3-      ESTEJA PREPARADO PARA SUBIR DE CARGO

Eleja alguém em quem se espelhar no início. Inspire-se em algum executivo querido da empresa. A princípio você pode achar que está copiando e não está sendo autentico, mas logo encontrará seu próprio estilo.

4-      SAIBA DELEGAR

Para utilizar melhor o seu tempo, aprenda a delegar. Tente identificar quem  são as pessoas certas para realizar cada tarefa e estabeleça princípios que nortearão as tomadas de decisões. O líder não precisa decidir tudo, mas deve saber estabelecer diretrizes para que tudo ocorra bem.

5-      SAIBA OUVIR

Saber ouvir é fundamental para o processo da comunicação e para o sucesso. Ouvir é essencial, não basta apenas escutar, a ação é mais ampla, inclui compreender, entender e assimilar.

6-      SIRVA DE EXEMPLO PARA SEUS COLABORADORES

Um gestor está sempre no centro das atenções e acaba servindo de padrão referencial  para a sua equipe, por isso é tão importante dar o exemplo. A prática do “faça o que eu digo e não o que eu faço” já não funciona mais nas empresas modernas. O empreendedorismo é a palavra da vez e as pessoas tomam iniciativas com base na cultura da empresa.

Portanto, não basta defender seus ideais, é preciso exercê-los para propagar boas atitudes e motivar colaboradores.

7-      EVITE PERGUNTAS DE “SIM”OU “NÃO”

Use perguntas começadas com “quem”, “como”, “quando”, ou qualquer outra forma que permita ao cliente se expressar livremente.
Abordagens do tipo “posso ajudar” levam respostas como “não, obrigado, estou só olhando”, que não permitem a continuação do diálogo. Em vez disso, cumprimente o cliente, apresente-se e tente sondar o que ele está procurando, qual a faixa de preço que deseja ou qual problema específico quer resolver.

Fazendo perguntas abertas, você cria o diálogo e obtém informações preciosas para fazer apresentações produtivas e, acaba por entender melhor os sintomas do problema, encontrando a melhor alternativa para a solução.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *